Tag Archives: Liga Espanhola

José Mourinho: “A décima Champions vai chegar”

Neste momento, o grande objectivo de Mourinho e o grande sonho do Real Madrid, depois da conquista da Liga Espanhola, é  vencer a décima Liga dos Campeões na história dos merengues. Que vai chegar, mais tarde ou mais cedo, segundo José Mourinho.

“Eu sou um sortudo, porque apesar de já ter perdido em algumas semi-finais, também já ganhei duas finais. Alguns destes rapazes nunca lá chegaram, e o clube procura a décima da sua história. Mas sem obsessão, com tranquilidade e se continuarmos a fazer as coisas bem, como prova o facto de termos chegado às semi-finais, isso vai chegar, mais tarde ou mais cedo. Se não for no próximo ano será no seguinte. Mas obcecar com isso não ajuda. Sonhar sim”, manifestou Mourinho.

Embora tivesse ficado pelas meias-finais da Champions, Mourinho enalteceu a época que o Real Madrid fez: “Se no início do ano me tivessem dito que podíamos ganhar com 90 pontos e 80 golos, assinava por baixo. Mas conseguimos ainda melhor! São números históricos, quase inimagináveis”, defendeu o melhor treinador do mundo.

Mourinho garantiu também que  a festa terminou e que já está a pensar no futuro: “Neste momento já estou a pensar no futuro. É momento de acabar com as celebrações. Os jogadores vão começar a pensar no Euro e eu vou começar a trabalhar a próxima temporada porque o Real Madrid não te permite dormir sobre o que conquistaste”, afirmou o treinador português à Real Madrid TV.

José Mourinho sempre a pensar mais à frente…

Mourinho alcança outro feito histórico ao serviço do Real Madrid

Com o triunfo alcançado ontem no campo do Rayo Vallecano (0-1), Mourinho tornou-se no treinador que conseguiu atingier mais rapidamente as 50 vitórias na Liga Espanhola.

Embora José Mourinho tenha afirmado recentemente que o seu objectivo não é bater recordes, a verdade é que eles surgem uns atrás dos outros e parece que não vão acabar.

Mourinho atingiu as 50 vitórias em apenas 62 jogos, marca recorde nos 84 anos de Liga Espanhola.

Jose Mourinho ao atingir este feito, superou as marcas de Johan Cruyff e Fabio Capello.

José Mourinho não compareceu na conferência de imprensa antes do clássico frente ao Barcelona

José Mourinho já está a jogar a partida de amanhã frente ao Barcelona, e por isso mesmo não compareceu na conferência de imprensa de hoje. Quem foi no seu lugar foi Aitor Karanka, que se mostrou contundente quando lhe perguntaram se o empate era bom para o Real Madrid frente ao Barcelona:”Claro que não queremos o empate. Aqui todos os jogos são planeados para ganhar. A melhor prova disso foi o jogo de quarta-feira frente ao Ajax, em que fomos atrás da vitória mesmo sabendo que iríamos vencer o grupo. Precisamos de sair com os três pontos”.

Karanka, no entanto, não deu muitos pormenores sobre a equipa do Real Madrid que irá jogar este sábado: Vamos jogar em 4-3-3, com Di Maria, Cristiano Ronaldo, Higuaín ou Benzema. E depois temos várias opções como Ozil e Kaká, Xabi, Lass, Khedira… O ano passado houve diferentes abordagens porque existiram jogos diferentes. Só variações tácticas que estão todas estudadas e preparadas. Amanhã verão como vamos jogar”, afirmou o treinador adjunto de José Mourinho.

No entanto, Karanka garantiu que o Real Madrid não irá mudar a sua forma de trabalhar independentemente do desfecho do clássico frente ao Barça. “Não é apenas mais um jogo, porque também não é apenas mais uma conferência de imprensa. O que não iremos fazer é mudar a nossa forma de trabalhar, de o resultado que der amanhã. Todos os jogos têm as suas dificuldades. Os jogadores estão cada vez melhores e com mais confiança. Mas é preciso ter equilíbrio. Todos os jogos são importantes. O ano passado perdemos pontos em Corunha, que são os que no final deixam marca. De nada serve ganhar amanhã frente ao Barcelona se perdermos pontos noutros jogos. Não vamos mudar a nossa forma de jogar, o que queremos são os 3 pontos.”

Quando lhe perguntaram a razão da ausência de José Mourinho, Karanka respondeu:”Levo mais de 30 conferências de imprensa e a resposta à pergunta de porque é que Mourinho não está, dei-a a primeira vez que vim a uma conferência de imprensa. Conheço José Mourinho à um ano meio e a mensagem que eu transmito seria a mensagem que ele transmitiria. Convivemos todos os dias, viajamos muito e a mensagem seria a mesma que os jogadores. Sabemos que a equipa vai estar concentrada todos os momentos para o jogo de amanhã em Bernabéu”, finalizou o treinador adjunto de José Mourinho.

Mourinho alcança 14ª vitória consecutiva, derrotando o Gijón por 3-0

A equipa de José Mourinho continua no caminho das vitórias. Mesmo fora de casa, o Real Madrid venceu sem dificuldade o Sporting Gijón por 3-0 na abertura da 15ª jornada da Liga Espanhola, alcançando desta forma a 14ª vitória consecutiva.

A equipa orientada por Mourinho tem ganho todos os jogos desde 24 de Setembro, quando derrotou o Rayo Vallecano, e desta forma já vão dois meses a festejar vitórias, com catorze triunfos seguidos.

No jogo de ontem, Di Maria inaugurou o marcador aos 34 minutos com um passe em profundidade de Fábio Coentrão, com Di María a dominar com muita classe, a passar um adversário e a rematar em jeito, com pouco ângulo. Já na segunda parte do jogo, aos 64 minutos, foi a vez do português Cristiano Ronaldo fazer o gosto ao pé, depois de uma assistência de Di Maria. Já no final do encontro, aos 92 minutos, Marcelo fecha o marcador com um remate certeiro.

Vejam os melhores momentos do jogo de ontem entre o Real Madrid e o Sporting Gijón, onde o Special One venceu por 3-0.

Manuel Preciado, o pesadelo de José Mourinho

Mourinho irá reencontrar-se este sábado com o seu pior pesadelo, Manuel Preciado. Foi o treinador do Sporting que venceu, o ano anterior, em Bernabéu José Mourinho. Um triunfo que, entre outras coisas, afastava definitivamente o técnico português da luta pela liga, e além disso acabava com o excelente registo do Special One em casa. Nove anos e 150 jogos depois, Mourinho cairia com o seu rival, Preciado.

Enterrado o machado de guerras entre os técnicos, ninguém pode esquecer que a relação entre ambos foi problemática. Tudo começou com o ataque de Mourinho a Preciado, por este alinhar com os suplentes frente ao Barcelona, que na sua opinião estava a oferecer a vitória ao Barça. Preciado não demorou a responder a esta provocação “Quién coño es éste, es un canalla”.

As provocações não se alastraram mais, mas também não suavizaram quando o Real Madrid visitou El Molilón. Mou assistiu ao jogo no camarote e teve que suar para levar os 3 pontos. Um golo de Gonzalo Higuaín chegou para garantir a vitória.

Depois desse jogo, os problemas foram inclusivé piores com o incidente no parque de estacionamento de El Molilón entre Manuel Preciado e os assistentes de Mourinho.

Os técnicos reconciliaram-se, no entanto no futebol é capaz de acontecer o impensável. E o jogo em Bernabéu, serviu para ambos fazerem as pazes.

Já durante a semana, os dois treinadores mostraram disposição para esquecer as suas diferenças: “Mourinho é uma boa pessoa”, afirmou Preciado.

Preciado destacou na imprensa o lado mais profissional e humano de José Mourinho quando foi derrotado em Bernabéu: “Teve um bonito gesto e veio depois do jogo ao nosso balneário felicitar todos os meus jogadores e a mim também”.

Preciado, revelou também que recebeu do melhor treinador do mundo uma chamada de consolação, após a morte do seu Pai.

Mourinho voltará a medir forças este sábado com o técnico que mais o fez sofrer a época passada, para além do Barcelona.

Neste jogo, Mourinho irá estar no banco de El Molilon pela primeira vez. O ano passado não esteve por estar a cumprir um jogo de suspensão.

Até quando conseguirá José Mourinho manter esta série de vitórias?

Dia 10 teremos o derby em Bernabéu entre o Real Madrid e o Barcelona. A não perder… Quem irá ser o vencedor deste grande jogo?

Deixem as vossas opiniões…


">

Real Madrid

Notícias – José Mourinho

Comentários Recentes