Tag Archives: José Mourinho

Mourinho deixa um desejo: “Quero ser o primeiro a vencer qualquer coisa pela selecção Portuguesa”

Numa longa entrevista ao jornal italiano Corriere della Serra, José Mourinho divulgou alguns desejos, que só estão ao alcance dos melhores treinadores da história do futebol.

“Quero ser a única pessoa a vencer a Liga dos Campeões por três clubes diferentes, o único a ganhar os três campeonatos mais difíceis do mundo de futebol (Inglaterra, Espanha e Itália) e daqui a uns anos ser o primeiro a vencer qualquer coisa com a selecção portuguesa”, disse Mourinho.

Nesta entrevista, El Especial disse também que “é melhor ter inimigos do que não ter, porque assim nunca relaxamos e queremos sempre vencer”.

O treinador português também mostrou o seu descontentamento pelo facto de ser sistematicamente criticado “quer diga branco ou preto ou se fala ou não antes de um jogo ou não”.

Jose Mourinho destacou ainda que tem “mais dois anos de contrato” com o Real Madrid e garantiu que nunca disse que não iria ficar no clube merengue.

José Mourinho assistiu ao jogo do seu filho em Vila Real de Santo António, no Algarve

José Mourinho para além de ser um excepcional treinador, também é pai. Por isso mesmo, Mourinho foi assistir no Domingo ao jogo do seu filho, em Vila Real de Santo António, no Algarve. Esta partida contou para o primeiro jogo do Mundialito que está a decorrer no Algarve.

Mourinho, que estava sentado ao lado da sua mulher, Matilde, incentivou José Mário, seu filho de 11 anos guarda-redes do CD Canillas, durante todo o jogo.

Matilde, por sua vez, aproveitou para tirar fotografias ao jovem guarda-redes, evitando olhar para a partida nas jogadas de maior perigo para a baliza do CD Canillas.

O CD Canillas acabou por perder o desafio contra o Futebol Clube do Porto.

Durante o jogo foram muitos os adeptos que pediram autógrafos a José Mourinho, que bem-disposto, distribui dezenas deles.

Mourinho nega acordo com Manchester City e má relação com Casillas

José Mourinho negou ontem, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo entre o Real Madrid e o Osasuna, os rumores que davam como certo o acordo entre o treinador português e o Manchester City: “Desminto que eu, ou alguém em meu nome, tenha chegado a um acordo com o Manchester City. Não tenho necessidade de falar sobre um tema do qual não tenho nada para falar. Tenho contrato por mais 2 anos e não tenho que responder a perguntas que não têm fundamento nenhum”.

Mourinho desmentiu também o que alguns jornais espanhóis têm divulgado sobre uma eventual má relação entre José Mourinho e o guarda-redes Iker Casillas: “A história com Iker Casillas é boa, mas não existe. Tenho uma boa relação com ele, aliás, como tenho com qualquer outro jogador da equipa”.

Sobre o jogo desta noite no estádio Reyno de Navarra frente ao Osasusa, Mourinho afirmou que não sabe como irá jogar, uma vez que Khedira se lesionou no treino de ontem: “Não sei como jogarei, porque o Khedira lesionou-se no treino. A equipa do Osasuna tem um estilo muito definido e isso é a melhor qualidade que uma equipa pode ter. Vamos ter muitas dificuldades”.

José Mourinho fez também questão de explicar o que denominaram “Lei do Silêncio”, depois do polémico jogo frente ao Villareal: “Na temporada passada, nas meias-finais da Liga dos Campeões frente ao Barcelona, criticámos o juiz da partida e “mataram-nos”. Esta época, na Taça do Rei frente ao Barcelona, sucedeu-se o mesmo. Em Villareal, decidimos não falar. Mas mesmo assim, “mataram-nos”. O problema é vosso (comunicação social), têm que decidir se querem que nós falemos ou nos calemos. Não comentámos nada sobre o árbitro do jogo, e acho que fizemos bem. Desta maneira, não nos podem acusar de incendiar os ânimos. Mas mesmo assim, não sei é por ser o Real Madrid, ou se é por mim, criticam-nos sempre”, manifestou José Mourinho aos jornalistas espanhóis.

José Mourinho e Cristiano Ronaldo a caminho do Manchester City

O Manchester City está prestes a “roubar” José Mourinho e Cristiano Ronaldo do Real Madrid.

Esta notícia surgiu ontem, depois de um jornalista espanhol, José Antonio Abellán, ter garantido numa rádio espanhola que José Mourinho já tinha dito “sim” a uma proposta dos ingleses do Manchester City para regressar a Inglaterra, país que Mourinho já afirmou várias vezes querer regressar.

Hoje, o site britânico goal.com afirmou que a oferta que o Multimilionário Mansour não se fica apenas pelo técnico português, José Mourinho. O Sheikh do Manchester City quer também a estrela do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, e estará disposto a oferecer a Ronaldo um salário verdadeiramente astronómico para acompanhar Mourinho na mudança para Inglaterra: entre 400 mil e 500 mil libras por semana, o que equivale, a cerca de 600 mil euros semanais, ou 2,4 milhões de euros mensais.

Cristiano Ronaldo aufere actualmente 1 milhão de euros por mês no Real Madrid.

Abramovich não quer que José Mourinho volte para o Chelsea

Segundo o Jornal britânico “The Sun”, Abramovich não quer que José Mourinho regresse ao Chelsea, preferindo Pepe Guardiola para orientar a equipa na próxima época, sendo que o espanhol ainda não renovou contrato com o Barcelona para a temporada 2012/2013.

“Não há hipótese de Abramovich ir contratar novamente José Mourinho. Os russos nunca voltam atrás e nunca admitem que estão errados. Se o milionário russo for atrás de Mourinho está a admitir que errou”, revelou uma fonte ao “The Sun”.

Mesmo com os títulos que Mourinho ofereceu a Roman Abramovich enquanto passou por Stamford Bridge, o russo parece preferir o Pepe Guardiola, que ganhou 13 dos 16 títulos que disputou ao serviço do Barcelona.

O jornal britânico acrescenta ainda que o proprietário do Chelsea ficou irritado com a ida de Mourinho a Londres para comprar uma casa, que, na altura, aumentou a pressão da imprensa para a saída de André Villas-Boas do clube londrino.

Mourinho cede segundo empate consecutivo

O Real Madrid, orientado pelo português José Mourinho, voltou a empatar pela segunda vez consecutiva no campeonato espanhol, desta vez frente ao Villareal (1-1).

Há apenas duas jornadas atrás, a equipa de José Mourinho encontrava-se com mais dez pontos do que o seu eterno rival Barcelona, mas dois empates seguido a um golo relançaram novamente a Liga. O Barcelona está neste momento a seis ponto do Real Madrid.

Depois do deslize em Santiago Bernabéu com o Málaga, o Real empatou desta vez no estádio do Villarreal. Cristiano Ronaldo marcou abriu o marcador aos 62 minutos, mas ao minuto 83′ Marcos Senna empatou num livre directo.

Sérgio Ramos e Ozil foram expulsos já depois do Villarreal ter empatado a partida. José Mourinho também estava com os ânimos exaltado e acabou também por ser expulso.

Será que o Real Madrid vai conseguir aguentar a pressão até ao final da temporada?

Clube Chinês oferece 360 mil euros por semana a Mourinho

José Mourinho é o nome eleito pelo clube da China, Shanghai Shenhua, para orientar a equipa na próxima época.

O Shanghai Shenhua terá feito uma impressionante proposta salarial para convencer Mourinho a treinar a equipa, na qual Nikolas Anelka é a estrela número 1.

Segundo o jornal inglês “The Sun”, os responsáveis chineses prometeram ao treinador português um salário de 300 mil libras, cerca de 360.444 euros, por semana, livre de impostos.

As fontes disseram que Jose Mourinho irá rejeitar a proposta e adiantaram também que, o Shanghai Shenhua continua determinado em levar Didier Drogba para a China.

Mourinho escorrega frente ao Málaga (1-1)

O Real Madrid empatou esta noite em Santiago Bernabéu frente ao Málaga (1-1). O Málaga impediu assim que José Mourinho alcançasse a 11.ª vitória consecutiva na Liga Espanhola. O empate do Real Madrid com o Málaga reduz a vantagem da equipa de Mourinho sobre o Barcelona para oito pontos.

Karim Benzema marcou o primeiro golo da partida aos 35 minutos de jogo, depois de um cruzamento de Cristiano Ronaldo.

Cristiano Ronaldo, que facturou nos últimos sete jogos do Real Madrid, poderia ter batido mais um recorde pessoal, mas o guarda-redes do Málaga, Caballero, não deixou o internacional português marcar.

O Real geriu a vantagem durante todo o encontro, mas quando menos se esperava, no período de descontos, Cazorla marcou de livre, empatando assim a partida.

Mourinho e a final da Champions com o Barça: “Primeiro quero vencer os quartos, isso sim é o que desejo”

Mourinho afirmou que o Real Madrid não precisa de se preocupar com o rival Barcelona, porque a sua equipa está num bom momento, e que se continuarem assim, no final da temporada alcançarão o título da Liga Espanhola.

“Se quero jogar com o Barcelona na final da Champions? Primeiro quero vencer os quartos de final frente ao APOEL, isso sim é o que desejo. E quero também chegar dois anos seguidos às meias-finais da Liga dos Campeões, que há muitos anos que não conseguíamos. Quando cheguei ao Real Madrid não éramos cabeças de série. Neste momento estamos a recuperar o nosso estatuto. O passo seguinte é chegar à meia-final, e se depois alcançarmos a final teremos muito tempo para falar”, afirmou o treinador português na conferência de imprensa de antevisão ao jogo deste fim de semana contra o Málaga.

A equipa do APOEL, onde jogam 4 portugueses, Nuno Morais, Paulo Jorge, Hélder Sousa e Hélio Pinto, é o adversário do Real Madrid nos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Mourinho disse conhece bem esta equipa, e por isso não a irá subestimar.

“Nesta etapa da Champions, falar de equipas mais ou menos fortes não faz sentido. Temos que respeitar o adversário que nos saiu, ainda que não tenha a história de outros clubes nesta prova. Joguei com eles há três anos, quando estava no Inter de Milão e estavam ao nível Europeu. Esta temporada o APOEL fez uma fase de grupos excelente, contra equipas que não eram fáceis. O Porto e o Shaktar foram eliminados, e nos oitavos de final eliminaram o Lyon. Claro que não vou ser hipócrita, é um adversário que à partida tem menos poderio e estatuto que outros, mas é uma equipa que está com mérito nesta fase e que eu respeito profundamente. Quando orientava o Inter e defrontámos o APOEL, marcámos no minuto 93, perdíamos por 2-1 e marcámos sem merecer. É uma eliminatória que não vai ser fácil”, afirmou José Mourinho.

Apesar da vantagem de 10 pontos que o Real Madrid leva sobre o Barcelona, Mourinho recordou que nada está ganho
“Estamos numa fase que apenas dependemos de nós. No ano passado, pensávamos em nós e com quem jogava o Barcelona, se empatava ou perdia, esperando, esperando e esperando que eles derrapassem. Agora só dependemos de nós. Também na última época, por esta altura, estávamos quase a ganhar a Taça do Rei, mas neste momento, ainda não estamos prestes a ganhar nada. Estamos bem mas não temos ainda nada”, sublinhou Mourinho.

Real Madrid de Mourinho vence CSKA e apura-se para os quartos-de-final

O Real Madrid, orientado pelo treinador português José Mourinho, venceu esta noite, em Santiago Bernabéu, o CSKA de Moscovo por 4-1 com dois golos do inevitável Cristiano Ronaldo. Desta forma, Mourinho está novamente nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, ultrapassando assim outro obstáculo rumo à conquista da maior prova europeia.

O Real Madrid dominou o encontro ao longo dos 90 minutos, inaugurando o marcador por Gonzalo Higuaí­n, aos 26 minutos da primeira parte. Até ao final da primeira parte, o jogo permaneceu 1-0.

No segundo período de jogo, o Real Madrid marcou aos 55 minutos por Cristiano Ronaldo.
Aos 70 minutos foi a vez de Karim Benzema dilatar a vantagem para 3-0, no entanto, o CSKA reagiu, marcando o golo de ”honra” nesta encontro aos 77 minutos, por intermédio de Zoran Tošić.

Já no tempo de descontos, Cristiano Ronaldo voltou a fazer o gosto ao pé, estabelecendo o resultado final em 4-1.

Ronaldo passa a ser o 10.º maior goleador da prova, com 34 pontos, e o Real Madrid, treinado por Mourinho, é o clube com mais golos em toda a história da competição, com 337 golos, mais um que o Barcelona.

">

Real Madrid

Notícias – José Mourinho

Comentários Recentes