Archive | Jogadores RSS feed for this section

José Mourinho assistiu ontem à estreia de Portugal no Euro 12

José Mourinho esteve ontem na Polónia na tribuna do Arena Lviv acompanhado pelo seu filho e pelo empresário Jorge Mendes a assistir o jogo Alemanha – Portugal.

O treinador português não escondeu durante todo o jogo que é um adepto que sofre por Portugal, não escondendo as suas emoções e o seu sofrimento nos momentos mais importantes do jogo.

Observou-se claramente em Lviv que Mourinho tem um sentimento patriótico extremamente elevado, e assim que terminou o hino português, o treinador do Real Madrid apontou os dedos indicadores para o campo, num claro apoios à selecção portuguesa.

José Mourinho já tinha anunciado a sua presença no Euro  2012 para ver jogadores do Real Madrid nas suas selecções, afirmando que iria torcer por eles.

No final da partida Mourinho falou com os seus jogadores, dando-lhes apoio, mas o português falou também com o Joachim Low que divulgou a conversa que ambos tiveram: “Falei com José Mourinho no final do jogo e ele disse-me que Khedira e Ozil estão em grande forma. Falamos muitas vezes sobre a gestão deles, e devo dizer que Mourinho desenvolveu Khedira e Ozil de forma extraordinária. Há um grande respeito entre nós. Mourinho deu-me os parabéns pela vitória e concordou com a minha análise: foi um jogo muito difícil e tático, duro para as suas selecções.”

José Mourinho quer Drogba no Real Madrid

Depois de Didier Drogba ter confirmado os rumores que iria abandonar o Chelsea FC, já se fala que José Mourinho quer o avançado costa-marfinense no Real Madrid para a próxima época.

“Quero colocar um ponto final na especulação e confirmar que vou sair do Chelsea. Foi uma decisão muito difícil para mim e estou orgulho pelo que consegui vencer neste clube, mas é a altura certa para um novo desafio”, declarou o internacional marfinense.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, a contratação de Drogba pode pelo Real Madrid pode estar iminente, tendo os merengues já iniciado conversações com o representante do avançado.

Mourinho já o tinha levado no passado para o Chelsea e agora deseja voltar a treiná-lo ao serviço do Real Madrid. A excelente relação que ambos mantêm um com o outro não é novidade para ninguém, e esse pode ser um factor determinante na decisão de Drogba.

No entanto, Mourinho parece não estar sozinho na corrida pelo avançado de 34 anos que também tem interessados em Itália, Alemanha, Rússia e até uma proposta milionária da China.

Qual é que acham que será o desfecho final?

José Mourinho renova pelo Real Madrid até 2016

José Mourinho renovou contrato com o Real Madrid até 2016. O treinador português afirmou que na próxima época irá ter um grande desafio: manter a sede de troféus do clube e evoluir sempre mais.

“O Real Madrid ganhou muitos adeptos este ano porque jogámos o melhor futebol do Mundo, embora não tenhamos ganho a Liga dos Campeões. No entanto, vencemos a Liga Espanhola praticando um futebol fantástico e isso parece-me o mais importante”.

Após a renovação, Mourinho não quis fazer promessas: “Na segunda época ao serviço do clube, conseguimos vencer a Liga como tínhamos planeado, agora veremos o que se segue. Mas sem nenhuma obsessão, porque a obsessão não nos ajuda. A única obsessão tem de ser aquilo que este grupo de trabalho já tem muito claro, que é a seriedade, o profissionalismo, trabalhar sempre nos limites e respeitar a história do Real Madrid, que é exigente para com os seus profissionais”, disse Mourinho em declarações ao site do Real Madrid.

“Confiaram em mim e pensam que sou o treinador ideal para este projeto que temos até 2016. Parece-me o desafio perfeito para mim nos próximos quatro anos, porque é difícil e obriga a mais. Neste momento de maturidade da minha carreira preciso de grandes desafios, que me obriguem a tentar ser cada vez melhor”.

José Mourinho aproveitou para vincar a confiança que sente nos seus jogadores: «Não é um plantel em vias de extinção que está a jogar os seus últimos anos de futebol ao mais alto nível, pelo contrário. É uma equipa que tem tudo para crescer. Não há nenhum jogador que não possa chegar até 2016. A maioria deles vai fazê-lo no topo da sua carreira”, finalizou Mourinho.

Equipa de Mourinho dá resposta e vence 4-1 o Atlético de Madrid

A equipa de José Mourinho venceu esta noite no Calderón o Atlético de Madrid por 4-1, com um hat-trick e uma assistência do internacional português Cristiano Ronaldo.

Na conferência de imprensa após o jogo, Karanka respondeu às críticas: “Há três dias todos nos davam o título como perdido. Mas nós tínhamos confiança em nós e conseguimos esta vitória”.

“Em todos os jogos há 3 pontos que se jogam e todos são importantes. Os de hoje também eram, claro. Cada vez falta menos para o fim e temos de pensar dia a dia. O balneário está tranquilo e está confiante no trabalho que realiza todos os dias”.

Karanka elogiou ainda a exibição de Cristiano Ronaldo: “Voltou a fazer um jogo espectacular. O trabalho de todos, aliás, foi espectacular. Quando o jogo ficou mais duro e faltavam trinta minutos para o fim, toda a equipa reagiu com um jogo bastante bom”, conclui o treinador adjunto de Mourinho.

Mourinho nega acordo com Manchester City e má relação com Casillas

José Mourinho negou ontem, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo entre o Real Madrid e o Osasuna, os rumores que davam como certo o acordo entre o treinador português e o Manchester City: “Desminto que eu, ou alguém em meu nome, tenha chegado a um acordo com o Manchester City. Não tenho necessidade de falar sobre um tema do qual não tenho nada para falar. Tenho contrato por mais 2 anos e não tenho que responder a perguntas que não têm fundamento nenhum”.

Mourinho desmentiu também o que alguns jornais espanhóis têm divulgado sobre uma eventual má relação entre José Mourinho e o guarda-redes Iker Casillas: “A história com Iker Casillas é boa, mas não existe. Tenho uma boa relação com ele, aliás, como tenho com qualquer outro jogador da equipa”.

Sobre o jogo desta noite no estádio Reyno de Navarra frente ao Osasusa, Mourinho afirmou que não sabe como irá jogar, uma vez que Khedira se lesionou no treino de ontem: “Não sei como jogarei, porque o Khedira lesionou-se no treino. A equipa do Osasuna tem um estilo muito definido e isso é a melhor qualidade que uma equipa pode ter. Vamos ter muitas dificuldades”.

José Mourinho fez também questão de explicar o que denominaram “Lei do Silêncio”, depois do polémico jogo frente ao Villareal: “Na temporada passada, nas meias-finais da Liga dos Campeões frente ao Barcelona, criticámos o juiz da partida e “mataram-nos”. Esta época, na Taça do Rei frente ao Barcelona, sucedeu-se o mesmo. Em Villareal, decidimos não falar. Mas mesmo assim, “mataram-nos”. O problema é vosso (comunicação social), têm que decidir se querem que nós falemos ou nos calemos. Não comentámos nada sobre o árbitro do jogo, e acho que fizemos bem. Desta maneira, não nos podem acusar de incendiar os ânimos. Mas mesmo assim, não sei é por ser o Real Madrid, ou se é por mim, criticam-nos sempre”, manifestou José Mourinho aos jornalistas espanhóis.

José Mourinho e Cristiano Ronaldo a caminho do Manchester City

O Manchester City está prestes a “roubar” José Mourinho e Cristiano Ronaldo do Real Madrid.

Esta notícia surgiu ontem, depois de um jornalista espanhol, José Antonio Abellán, ter garantido numa rádio espanhola que José Mourinho já tinha dito “sim” a uma proposta dos ingleses do Manchester City para regressar a Inglaterra, país que Mourinho já afirmou várias vezes querer regressar.

Hoje, o site britânico goal.com afirmou que a oferta que o Multimilionário Mansour não se fica apenas pelo técnico português, José Mourinho. O Sheikh do Manchester City quer também a estrela do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, e estará disposto a oferecer a Ronaldo um salário verdadeiramente astronómico para acompanhar Mourinho na mudança para Inglaterra: entre 400 mil e 500 mil libras por semana, o que equivale, a cerca de 600 mil euros semanais, ou 2,4 milhões de euros mensais.

Cristiano Ronaldo aufere actualmente 1 milhão de euros por mês no Real Madrid.

Real Madrid mantém “Barça” a seis pontos, sem Mourinho no banco de suplentes

Após dois empates consecutivos, o Real Madrid, sem Mourinho no banco, goleou esta noite a Real Sociedad por 5-1, com dois golos de Cristiano Ronaldo. O Real Madrid mantém os seis pontos de vantagem sobre o Barcelona que triunfou em Maiorca (2-0).

Ronaldo fez mais dois golos, feito igualado pelo francês Benzema – o outro golo foi de Gonzalo Higuaín.

Mantêm-se os seis pontos de vantagem sobre o Barcelona que venceu hoje em Maiorca por 2-0. O primeiro golo pensou-se que tinha sido de Alexis Sanchez. E foi mesmo, no entanto o árbitro deu a autoria do último remate a Lionel Messi.
Já reduzidos a dez jogadores, por expulsão de Thiago Alcântara, o Barcelona sentenciou o jogo a onze minutos do fim com um golo de Piqué.

Mourinho cede segundo empate consecutivo

O Real Madrid, orientado pelo português José Mourinho, voltou a empatar pela segunda vez consecutiva no campeonato espanhol, desta vez frente ao Villareal (1-1).

Há apenas duas jornadas atrás, a equipa de José Mourinho encontrava-se com mais dez pontos do que o seu eterno rival Barcelona, mas dois empates seguido a um golo relançaram novamente a Liga. O Barcelona está neste momento a seis ponto do Real Madrid.

Depois do deslize em Santiago Bernabéu com o Málaga, o Real empatou desta vez no estádio do Villarreal. Cristiano Ronaldo marcou abriu o marcador aos 62 minutos, mas ao minuto 83′ Marcos Senna empatou num livre directo.

Sérgio Ramos e Ozil foram expulsos já depois do Villarreal ter empatado a partida. José Mourinho também estava com os ânimos exaltado e acabou também por ser expulso.

Será que o Real Madrid vai conseguir aguentar a pressão até ao final da temporada?

Real Madrid de Mourinho vence CSKA e apura-se para os quartos-de-final

O Real Madrid, orientado pelo treinador português José Mourinho, venceu esta noite, em Santiago Bernabéu, o CSKA de Moscovo por 4-1 com dois golos do inevitável Cristiano Ronaldo. Desta forma, Mourinho está novamente nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, ultrapassando assim outro obstáculo rumo à conquista da maior prova europeia.

O Real Madrid dominou o encontro ao longo dos 90 minutos, inaugurando o marcador por Gonzalo Higuaí­n, aos 26 minutos da primeira parte. Até ao final da primeira parte, o jogo permaneceu 1-0.

No segundo período de jogo, o Real Madrid marcou aos 55 minutos por Cristiano Ronaldo.
Aos 70 minutos foi a vez de Karim Benzema dilatar a vantagem para 3-0, no entanto, o CSKA reagiu, marcando o golo de ”honra” nesta encontro aos 77 minutos, por intermédio de Zoran Tošić.

Já no tempo de descontos, Cristiano Ronaldo voltou a fazer o gosto ao pé, estabelecendo o resultado final em 4-1.

Ronaldo passa a ser o 10.º maior goleador da prova, com 34 pontos, e o Real Madrid, treinado por Mourinho, é o clube com mais golos em toda a história da competição, com 337 golos, mais um que o Barcelona.

Mourinho sobre o jogo frente ao CSKA: “Temos todas as razões para estar com um pé à frente e outro atrás”

José Mourinho e Cristiano Ronaldo, esta Terça-feira, manifestaram a atmosfera que se vive neste momento no Real Madrid, vincando que na Liga dos Campeões o importante é o jogo desta Quarta-Feira frente ao CSKA de Moscovo, onde se discute a passagem aos quartos-de-final da competição.

“No futebol acontecem muitas surpresas, onde nem sempre o melhor ganha. Por isso, como a primeira mão ficou 1-1, temos todas as razões para estar com um pé à frente e outro atrás”, disse Mourinho.

“Será um jogo difícil. Culturalmente, o CSKA é muito forte. No contra-ataque, fisicamente e na defesa são muito perigosos. Felizmente tenho um capital de experiência que tento passar aos jogadores, pois defrontei o CSKA no Chelsea e no Inter Milão. Com eles, temos de jogar na máxmia força”.

Mourinho manifestou a importância que os adeptos têm: “Temos jogado jogos fora nos quais os adeptos contrários foram determinantes para as suas equipas. Foi assim na Liga Espanhola, com o Rayo Vallecano e com o Betis de Sevilha, e na Liga dos Campeões, com o CSKA. Agora que jogamos em casa se tivermos os nossos adeptos ao lado da equipa será uma ajuda importante para a equipa”.

Mourinho afirmou também que uma derrota frente ao CSKA poderá ser “uma surpresa sim, mas não um milagre. Será porque estiveram muito bem e nós muito mal. Mas estou optimista, penso que vamos conseguir ganhar.”

“Gostaria de vencer amanhã, esse é o meu desejo. Se não o fizermos o futuro na Liga dos Campeões acabou”.

Com os rumores que têm surgido sobre a eventual saída de José Mourinho do Real Madrid no final da temporada, Cristiano Ronaldo disse na conferência de imprensa que o treinador vai continuar com a equipa.

“Mourinho vai continuar connosco”, afirmou Cristiano Ronaldo.

Sobre a sua permanência ao serviço do Real Madrid, Mourinho foi directo: “Se o meu futuro depende desta eliminatória? A resposta é não, só se o clube o fizer. Não faço depender as minhas decisões com ganhar ou perder um jogo”, disse o treinador português.

">

Real Madrid

Notícias – José Mourinho

Comentários Recentes